NRA Show 2016 – Dia 22 de maio

Estamos publicando essa News sobre o segundo dia da feira, ainda muito sobre as respostas que a indústria traz ao mercado de Foodservice. E parece que para cada dúvida, desafio ou necessidade dos operadores existe alguém que buscou soluções no detalhe. São pequenos e grandes mobilizados nesse sentido, nota 10 para a National Restaurant Association – NRA que organiza o evento.

Nessa segunda-feira participaremos da Conferência “Foodservice at Retail” certamente conteúdo de altíssimo nível para compartilharmos. Acompanhe a última news dessa edição da feira amanhã e para participar do pós NRA da Libbra em 9 de Junho em São Paulo inscreva-se: contato@libbra.net

Ainda sobre a feira:

Alergenos – no Brasil, bem como no mundo, o crescimento da produção de produtos sem ingredientes alergenos não para de crescer, porém, ainda é uma exceção dentro das áreas de produção e é preciso segmentar as áreas para tal. Identificamos uma solução simples para setorização que certamente organiza e funciona.

Monitoramento – segurança alimentar é um assunto mais do que sério. Essa empresa criou uma solução que monitora os pratos expostos individualmente, mesmo quando estão em um mesmo plano. O motivo maior é a gestão da segurança alimentar, mas de quebra é possível monitorar: a saída de produtos e necessidade de reposição e acompanhar a vida útil do produto para definir o shelf life de apresentação. Muito bom! Racionaliza mão de obra e garante qualidade. Esses americanos…

Conveniência – Que o consumidor está cada vez mais interessado em soluções prontas para levar para casa todos do mercado de foodservice já sabiam. O que não sabíamos é que a Crayovac (que tem operações no Brasil), desenvolveu uma película especial que se molda ao alimento quando pronto sem amassá-lo. A película intensifica as cores e o visual fica tão lindo que certamente duplica o estimulo de para compra pelo consumidor. E como no varejo o cliente só compra o que vê… É mais uma solução vencedora.

Food Truck – soluções móveis no Brasil já são questionadas em termos de sobrevivência. O que vimos por aqui foram trailers, containers e trucks que dariam inveja às melhores cozinhas do mundo em termos de qualidade construtiva e aplicação de equipamentos. Na nossa visão só acaba no Brasil se não evoluirmos. Não vale foodtruck com janela a céu aberto moçada. Aqui segurança alimentar é tão séria que o truck tem janelas teladas e é climatizado.

Sustentabilidade – sem dúvida é um tema fundamental no segmento de foodservice e ele é transversal em: equipamentos, embalagens, gestão de lixo, higienização de louças e muito mais. A feira agrupou inúmeras soluções para apoiar os operadores a utilizarem alternativas sustentáveis. Nas embalagens além de palha de milho, bamboo, palma e cana de açúcar tem utensílios feitos de tapioca à disposição do mercado. Bem bacana! O fabricante recomenda não consumir o prato ☹ rsss, ele se decompõe em menos de 30 dias.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *